segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

do lá se já

Oh grandiosa globolização, voce que transformou tudo reduziu e aumentou, ligou e também desligou, modificou, aperfeiçoou, descartou.. ou enfim inverteu. resolveu que englobaria mundialmente falando, correndo sempre em torno no mundo então perdeu-se a gravidade, quis expandir-se para a lua, marte, 'estopim'!! ainda não vão parar. tornaram seus homens lixos descartáveis, jogados pelas ruas aonde mendigam ainda sequer insanidade. pessoas de bem perderam tudo que eram por não terem dinheiro. o tal que se troca por statuos nao vale o preço que tem, nao paga o tanto que gasta ainda ssim desgasta o tempo que inverte. bobagem querer industrializar essa riqueza toda. vai perder o natural, o verde o verdadeiro real sentido do valor. Seus escravos 'tão' na rua engravatados, o mundo prova suas voltas, um gosto de quero mais jamais sacia uma alma entorpecida, desequilibrada, desacreditada em si, desejaria esse mundo nas mãos para não perder a pode. "Alou alou marciano!.. tá cada vez mais down o high society" Virou tendência, novela. tv globo. roupa de marca, 'celulá', carro novo. "então é natal e ano novo também"... Faculdade tá na moda, o curriculo se deu bem. Aos doentes, "tenha fe em Deus, tente outra vez". A sorte foi lançada ao deus dará, quem for de encontro se arriscará, nesse jogo de azar sobrevive quem ganhar. impar ou par?

Um comentário:

morgs! disse...

chamada a cobrar, para aceitar continue na linha após a identificação. tu-ru

nao sei onde cabe a virgula.
nem acento. apesar de acentada estar, procurando escutar, o que não me fez convir. ainda.

uma boa lei-tu-ra.
:*