segunda-feira, 17 de maio de 2010

Cinemacroscópico

Voltando à "caixa preta" e seu foco de luz descobrindo todas àquelas expressões amparadas pela mão no queixo. Os corpos escorregam na cadeira à procura de uma posição confortável a medida daquela temperatura ambiente de comer pipoca. Olhar atento atenta a ação da tela, que ao som alto abafa o batimento cardíaco acelerado pela emoção provocada por uma viagem à aventura dos personÁGEIS! Na caixa o mundo é quadrado, a chuva não molha, o sol não queima, o dia vira noite, na noite o sonho é coletivo e acordar é involuntário! Como instrumento de fuga da própria realidade, dormir um sono reFORÇADO pelos efeitos especiais facilita o acesso para a fantasia!

2 comentários:

Rafael dos Prazeres disse...

A forma como escreve remete a um estado de torpor,
ovo,
voodoo,
voo,
dove,
diva,
vida inteira procurando um filme que se aproprie ao roteiro dos meus mais bem quereres.
... I got it like a bow and arrow.
Não me prive de ler-te!

.liuengel. disse...

apenas ...
eu - e minha.
RÉ - LEI+TUR(v)A!

xD

que bom que gosta. compartilhar sensações em forma de palavras é fácil.dificil é privar a casual.mente